terça-feira, 16 de novembro de 2010

ghosts from the past.



Descobri que um antigo galã da minha adolescência está a trabalhar no mesmo edíficio que eu. Cruzei-o no elevador sem ter reparado quem era. Com a idade perdeu o viço ou então, como dizem, são os nossos gostos que mudam de x em x anos. Anyway, ele era daqueles surfistas típicos dos anos 90, cabeludo convencido capaz de deixar as miúdas todas em alvoroço só com o olhar, género filme de Howard Hughes. Eu, tal como as outras pitas parvas, também não lhe era indiferente, até ao dia. O dia em que ele, qual neptuno da margem sul, ergue-se do mar em direcção às admiradoras. Aproxima-se e olha-nos com aquele olhar sacana de quem sabe o efeito que produz e atira-nos um "Olá" triufante. Eu respondi, contente por ele sequer ter reparado nesta sua humilde serva. Mas eis que, ao invés de reparar na sua gloriosa corpulência emborrachada, o meu olhar resolve prender-se num outro detalhe, muito mais interessante: um enorme burrié, dependurado do seu nariz perfeito de adónis. Encerrou-se aí todo um capítulo dedicado à mitologia grega.

18 comentários:

Peter disse...

LOL

evil monkey!

Rachelet disse...

E confrontaste-o? Teria sido cá um petardo no seu ego!

http://www.joanazevedo.com/blog disse...

LOOOOOOOOOL
É a melhor forma de perder o encanto não haja dúvida...
já não sei quem foi o artista que me disse um dia "a melhor forma de deixar de gostar de uma gaja é imagina-la na casa de banho"

*

http://www.joanazevedo.com/blog disse...

um dia mais tarde podes sempre perguntar-lhe se é frequente a macacada sair à rua x)

senhorita valdez disse...

na altura? nao. acho que nem fiquei com asco imediato, sou bem capaz de ter achado fofinho e tudo. mas passou-me e passado uns tempos, sempre que ele aparecia eu não o via a ele-o garanhão das dúzias- mas sim uma narina tamanho real habitada por um ser verde.

senhorita valdez disse...

pelo menos já tenho tema de conversa para a próxima vez que o cruzar no elevador.

Cat disse...

ahahahahah
senhorita, obrigada pelo momento de boa disposição matinal que me proporcionaste, estava a precisar.
e sim, os nossos gostos mudam... eu ando a descobrir isso agora

senhorita valdez disse...

ola cat :)
mas cuidado com isso das mudanças de gostos. desde que não signifique baixar padrões de qualidade tudo bem!

crème fraîche disse...

ah macaco!
deve ter sido hilariante.

Cat disse...

Não, muito pelo contrário. Surpreendemo-nos ao perceber que alguns dos nossos antigos padrões não tinham qualidade nenhuma ;) **

senhorita valdez disse...

crème, foi bastante divertido :P

cat, estás no bom caminho.

Mafalda disse...

LOL
É o suficiente para lá se ir todo o encanto do bonitão!

Palavra Já Perdida disse...

LOLOL

São coisas que às vezes passam despercebidas, principalmente a pessoas com ego gigante que se preocupam com outras coisas :P
Mas havia de ser giro tu dizeres-lhe algo agora sobre essa situação..

Francisco Martins disse...

HAAAAAAAAAHAHAHAHAHAHAHA! Valdez, tu fazes me rir! lindo!
Bem... é pena é ele ter perdido atributos nos entretantos.... sim, pk aí assim tão perto, vai na volta até dava geito. nao me digas que tá careca e barrigudo?

sacana disse...

ahahahah. adorei esta história. parece um filme da disney :p

senhorita valdez disse...

:)
filme da disney?é alguma metáfora freak tipo "macaco que até parece o dumbo?"

sacana disse...

lol, não. era mais pela moral em que o gajo que tem a mania que é pintas é ridicularizado.
se calhar lembra mais o príncipe do shrek pronto.

senhorita valdez disse...

ahhhhh ok :P